Vai viajar para Barbados ?: Veja as atualizações mais recentes aqui
Reserve um teste COVID para celular nos EUA e Canadá aqui
https://visitbarbados.org/sysimages/ambassador/resized/chelsea-tuach_rsz_06052021003529845.jpg

Principal surfista caribenha

O surfe em Barbados é uma atividade que dura o ano todo, com atletas de ponta de todo o mundo viajando para esta ilha tropical para vencer as grandes ondas que são especialmente características da Costa Leste. Mas também existem surfistas profissionais que chamam Barbados de 'casa', e um desses surfistas de destaque é o campeão nacional, a sensação internacional do surfe Chelsea Tuach e embaixador de Barbados.


Chelsea nasceu em uma família de surfistas. Seus irmãos surfam e seus irmãos também representaram Barbados em competições locais, regionais e internacionais. Seus pais não são estranhos ao esporte - seu pai surfa e sua mãe é jurada de surf com certificação internacional. Portanto, não foi surpresa quando Chelsea começou a surfar em 2004. Com apenas 8 anos de idade, ela demonstrou uma destemor extraordinária, dominando ondas monstruosas e impressionando seus espectadores. Foi então que chamou a atenção, conquistando prêmios locais e, em 2006, foi a surfista mais jovem a ser selecionada para o Barbados National Surf Team aos 10 anos de idade. Aos 13 anos, ela havia vencido o Barbados Ladies 'Open e o Caribbean Ladies' Championship, confirmando que ela certamente era uma atleta a ser observada!

Chelsea é uma atleta altamente condecorada e ganhou mais prêmios internacionais do que qualquer outro surfista barbadense. Ela assumiu o circuito local e regional de surf feminino e sua participação no esporte a fez competir em torneios ao redor do mundo. Ela representou com sucesso Barbados em todo o Caribe e também em países como Costa Rica, Estados Unidos da América, Martinica, África do Sul e em toda a Europa. Em 2009, ela se tornou a primeira surfista a ganhar o National Sports Council Youth Award em Barbados, uma homenagem às suas realizações no surfe em 2008. Em 2011, a 'Barbados Surfer Girl', como é carinhosamente chamada, ficou em 9º lugar no ranking. Campeonato Mundial Júnior de Surf da International Surfing Association (ISA). Foi a classificação mais alta que um surfista barbadense ou caribenho alcançou desde a introdução dessa competição em 2003. Em 2012, o Chelsea ganhou 7 competições impressionantes fora de Barbados - mais do que jamais foi registrado na história do surf barbadense.

Chelsea tem sido consistentemente o melhor surfista de Barbados em nível internacional. Ela fez história duas vezes em 2013, quando se tornou a primeira barbadiana a vencer o Campeonato Norte Americano Feminino Júnior da World Surf League (WSL). Ela então ganhou um evento profissional júnior com a Association of Surfing Professionals (ASP), novamente sendo a primeira barbadiana a garantir esse prêmio. Não só o Chelsea fez história para Barbados naquele ano, mas novamente para o Caribe. Em 2013, ela foi a primeira surfista caribenha a se classificar para o ASP World Junior Surfing Championships, onde ganhou destaque e superou muitos dos melhores atletas internacionais, terminando na posição geral.

O Chelsea foi o único barbadense a ganhar medalhas de surfe de prancha curta nos campeonatos do ISA. Ela ganhou cobre em ambos os Campeonatos Mundiais Júnior em 2013 e depois nos Jogos Mundiais de Surf em 2015. Sua participação no WSL World Qualification Series lhe rendeu um ranking mundial de no final de 2015, que foi a maior conquista de qualquer Surfista caribenho. Esta classificação deveu-se ao seu sucesso nos eventos de surf feminino mais bem avaliados e mais competitivos realizados na China, Califórnia e Espanha. A essa altura, o Chelsea havia demonstrado claramente que não tinha intenção de parar antes de seus objetivos no Campeonato Mundial ou de se sentir confortável com seus prêmios atuais. E assim, em 2016, ela surfou aquelas ondas de prestígio com o WSL's World Championship Tour, que está aberto apenas para as 17 melhores mulheres globalmente. Chelsea foi o segundo surfista mais jovem nessa turnê e Barbados foi a menor nação a ser representada nesse nível de surfe. Foi depois dessa turnê que ela foi reconhecida pelo Barbados Tourism Marketing Inc por seu sucesso internacional e foi agraciada com o título de Embaixadora do Turismo Esportivo para Barbados em 2017.

Nossa 'Barbados Surfer Girl' continuou a surfar suas ondas de sucesso no surfe internacional. Ela venceu o primeiro concurso Qualification Series da WSL em 2017, e terminou a temporada em segundo lugar no ranking norte-americano e entre as 24 melhores surfistas profissionais do mundo. Esta última classificação mundial aumentou para a 19ª posição no ano seguinte, quando ela foi declarada campeã feminina no Martinique Surf Pro, onde também manteve sua posição como a 2ª surfista do ranking na região da América do Norte. Suas atuações impressionantes nos Jogos Pan-americanos de Surfe em 2017 e 2018 resultaram no Chelsea sendo o único surfista barbadense a entrar no evento de qualificação da região para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

Sua vitórias continuou em 2019, quando ela agarrou lugar na VW África do Sul de Surf, mais uma vez fazer história ao ser a pessoa do Caribe para ganhar um concurso no continente Africano. Isso significa que o Chelsea mais uma vez subiu no ranking internacional da WSL para o 9º lugar. A carreira do Chelsea tem sido nada menos do que notável nos últimos 15 anos ou mais. Ela cativou com confiança as fraternidades de surfe locais, regionais e internacionais ao arvorar a bandeira de Barbados em todas as oportunidades. Sua disciplina, compromisso e amor pelo esporte, junto com sua busca pela excelência, colocaram ela e Barbados no centro das atenções do surfe. A julgar por seu histórico distinto e excepcionalmente consistente, é seguro dizer que ainda temos mais para vir de Chelsea Tuach.

Prêmios / Conquistas Selecionados

2018 - Esportista de destaque sênior de Barbados

2017 - Embaixador do Turismo Esportivo de Barbados

2015 - ranking mais alto Caribbean Surfer (Ranking Mundial 4º)

2015 - Campeã Norte-Americana Júnior Feminina da World Surf League

2014 - Personalidade Esportiva do Ano em Barbados

2013 - Campeã Norte-Americana Júnior Feminina da World Surf League

2013 - Atleta Júnior Feminina do Ano (Associação Olímpica de Barbados)

2013 - Personalidade Esportiva Nacional de Barbados do Ano

2012 - Atleta Júnior Feminina do Ano (Associação Olímpica de Barbados)

Campeonatos selecionados de lugar (2012-2019)

2019 - SA Open of Surfing (África do Sul)

2018 - Martinique Surf Pro (Martinica)

2017 - Shoe City Pro (Califórnia)

2015 - Sprite Barbados Independence Pro (Barbados)

2015 - Pantin Classic Galicia Pro (Espanha)

2014 - Circuito Corona Extra Pro # 3 (Porto Rico)

2014 - Sprite Soup Bowl Pro Junior (Barbados)

2013 - Sprite Soup Bowl Pro Junior (Barbados)

2013 - Barbados Independence Pro (Barbados)

2013 - Evento APSS # 1 (Califórnia)

2013 - NSSA Gold Coast Explorer (Califórnia)

2013 - Ron Jon Roxy Pro Junior (Flórida)

2013 - NSSA Southwest Conference # 9 (Califórnia)

2012 - NSSA Southwest Conference # 5 (Califórnia)

2012 - Ripcurl Gromsearch (Califórnia)

2012 - Viridian Women Pro (Virgínia)

2012 - Caribbean Cup Ladies Championship (Trinidad, Jamaica, Barbados)

2012 - Makka Pro 2012 (Jamaica)

2012 - BSA SOTY (Barbados - quatro prêmios de 1º lugar)

2012 - Olympus National Surf Circuit (Costa Rica - dois prêmios de 1º lugar)

2012 - Ron Jon Roxy Women's Pro (Flórida)